Como organizar minha vida financeira

Dinheiro é dificuldade ou saída? A resposta é: depende da correlação que se possui com ele. Para as pessoas que possui disciplina e evita contrair dívidas, dinheiro pode consistir a prática de um sonho. Por outro lado, se for mal gerenciado, apenas traz dor de cabeça.

Para ajudá-lo a administrar melhor a renda e garantir que ela seja bastante para abafar seus gastos mensais, o Portal Brasil ouviu quatro especialistas em finanças que deram dicas sobre como cuidar melhor de sua renda, evitar contrair longas dívidas e adiantar melhor os vantagens que uma vida financeira estável pode oferecer.

Dicas de como cuidar da sua vida financeira

Trace metas

“A princípio a indivíduo precisa definir o propósito, o sonho que ela pretende corporificar com seu dinheiro, para não sair gastando em coisas que não agregam valor ou que não sejam essenciais. Se ela definir que pretende alucinar-se no fim do ano, ela possui de armazenar o dinheiro para evitar dívidas e interesses”, ensina o docente cobiçoso Edward Cláudio Júnior.

Fuja das dívidas

“É essencial ter em mente que é necessário digerir pouco que se ganha. Aperfeiçoar um orçamento e cumpri-lo. Haverá necessidade de ter disciplina, porém isso talvez pode ser somente uma abacaxi de tempo. Em vários casos, uma situação financeira desequilibrada decorre de maus práticas, que precisam ser combatidos.

Desviar a cultura de ‘desperdiçador’ para a cultura de ‘economizador’ não é sempre que é possível. Porém, com pedagogia financeira, essa oscilação pode ser ensejo de maneira consciente e pouco conta”, aconselha Carlos von Sohsten, docente cobiçoso e autor do livro “Como cuidar bem do seu dinheiro”.

Para no qual vai o dinheiro?

“O princípio do controle cobiçoso é entender para no qual o dinheiro vai. Tudo inicia com você guardando notas fiscais e os comprovantes de pagamentos que você faz. Em seguida você necessita definir um dia da semana qualquer no qual vai colocar tudo isto em uma planilha, seja ela eletrônica ou não.

Essa é uma parte que não é possível de realizar visto que ela é um tanto mais trabalhosa, porém o resultado é afirmativo. Se não fizer isto, não é possível entender para no qual o dinheiro vai.

Uma indivíduo que ganha por volta de R$ 5 mil e não faz esse controle pode ser que não saiba para no qual vai 20% de sua renda”, explica Jurandir Sell Macedo, catedrático de finanças pessoais da Faculdade Federal de Santa Catarina.

Remando para um inclusive lugar

“Tente abordar com a família sobre os metas com correlação ao dinheiro e como está o orçamento acostumado.

Para isto, é preciso um orçamento acostumado caseiro, que pode ser numa planilha ou um agenda. Não é necessário muita afetação, porém possui de ser qualquer coisa que registre todas as entradas e saídas de dinheiro. Dessa maneira, a indivíduo pode absorver se todo mundo está remando para o inclusive lado.

Geralmente, as indivíduos acreditam que aumentar um orçamento significa diminuir as despesas. Porém similarmente é possível reforçar a prescrição. De acesso, pode utilizar as agilidade da família. Tendo como exemplo, um filho é agradável e pode permitir aulas, outro que cozinhe bastante bem e consiga vender alimento para outras indivíduos”, acarreta o consultor cobiçoso Valter Police Junior.

Dieta do dinheiro

“As indivíduos desejam milagres. É o inclusive que dieta. Ninguém pode perder peso se não digerir mais calorias que ingere. A ideia é básica: ou eu acabado mais calorias fazendo treino ou vou consumir pouco (calorias) consumindo pouco. O inclusive ocorre com a autonomia financeira.

Qual propósito de você ter controle cobiçoso? A maior parte acha que é abscindir gastos. Aí o cinca é grande, o propósito é digerir melhor. Para ter as finanças controladas devo abscindir o demasiado? Não impreterivelmente. O que se precisa abscindir é o acúmulo.

Digerir melhor é realizar escolhas, uma vez que cada indivíduo possui distintos gastos, que são melhores ou piores para ela. Olhe para no qual você pode digerir melhor, no qual isso talvez pode aumentar a sua vida. Todos nós desperdiçamos: água é essencial para a vida, porém uma torneira pingando é acúmulo”, diz o docente cobiçoso Jurandir Sell Macedo.

Financiamentos e parcelas

“Outra orientação fundamental é ingerir atenção afastado com financiamentos e compras parceladas. Isto não ou seja de maneira qualquer para não fazê-los. Porém é necessário avaliar se realmente compensa. Um automóvel financiado custa várias vezes o valor de 3 carros, da mesma maneira que um aparelho de aparelhagem financiado custa 2.

E sobre contas parceladas há um perigo grande.

Geralmente não entra na nossa cabeça que aquela coisa comprometeu o salário dos meses seguintes e o indivíduo esquece que, por causa disso, sua desimpedimento financeira será menor até abandonar esta calote”, explica Valter Police Júnior. Entendimento “Lamentavelmente, não nos ensinam como cuidar do nosso dinheiro na academia, ainda que isto esteja mudando.

Há excelentes livros disponíveis. Eu inclusive comecei dessa maneira. Em seguida, foi apenas abacaxi de aplicar em execução.

Em dez anos, minha vida financeira havia revertido de uma situação de endividamento anárquico para uma situação agasalhado e defendível”, relata Carlos von Sohsten.

Mercado com listagem e sem apetite

“Para aquisição de mercado, a primeira coisa é abastecer uma listagem de tudo aquela coisa que você necessita para não adquirir uma coisa que já tenha em casa. Não faça as compras com apetite, visto que você pode provocar uma coisa de que não necessita e os gastos acabam sendo maiores.

Ao provocar crianças às compras, procure misturar antecipadamente com elas o que será possível adquirir. A acareação de preço é agradável, porém não fique cativo da cotidiano de aparecer quatro estabelecimentos distintos, pode ser que o acabado com desvio não compense.

O que aconselho é arrebentar suas compras cada semana, compras pequenas para ter aquela coisa que você precisa e que possibilita adiantar promoções”, afirma o docente cobiçoso Edward Cláudio Júnior. Beber com agradar, sem achaque “O que nós procura é digerir naquilo que melhore a nossa vida e não prejudique os mais e o meio local. Beber é uma coisa bastante bom. Se vivêssemos somente com aquela coisa que é preciso, estaríamos em uma algar também. Nossa agremiação se constrói em cima daquilo que é demasiado. O que é errado é digerir para consumir ou se viciar em uso”, diz Jurandir Sell Macedo.

Cartão de Aceitação e Cheque Sui generis

“Use o cartão de aceitação como uma ferramenta de administração. Eu juntamente tudo para pagar em uma mesma data e tenho repartição de tudo que gastei. Porém evite utilizar o cartão de aceitação como fonte de financiamento. Utilizar o cartão e não pagar a confecção completo costuma ser um cinca.

Se eu não pagar o completo, não deveria utilizar o cartão de aceitação, ele não serve para isto.

Se você utiliza cheque sui generis por mais de uma semana por mês, procure o seu banco para experimentar um cessão e abandonar o cheque sui generis. Sai bem mais acessível. Interesses do cheque sui generis giram em redor de 10% por mês, enquanto o cessão é de 4 a 5%”, diz Valter Police Júnior.

Quanto abalroar

“O ideal é abalroar ao menos 10% que se ganha para o amanhã. Parece improvável? Saiba, no entanto, que não é. Porém, se para você parece improvável hoje, é o demonstração mais fundamental que você necessita desviar e adestrar-se mais sobre como cuidar do seu dinheiro. Recomendo que 100(ORIGINAL)|100 (CEM)|CEM}% que você ganha seja empregado de maneira econômica e genial”, diz Carlos von Sohsten. Investimentos sortidos “Para acudir-se a autonomia financeira é necessário entender abalroar.

Qual o melhor investimento?

Não há resposta, todos são bons. Possui um para cada perfil. Uma mesma indivíduo precisa ter diversas opções de investimentos, a partir de a acumulação até inclusive aquilo que se faz”, afirma Jurandir Sell Macedo. Acesse abaixo os depoimentos de indivíduos que conseguiram ajustar suas finanças pessoais:

Fonte Pesquisa: http://www.brasil.gov.br/

Marcela Tavares

Sou escritora e autora de diversos blogs no Brasil e no Estados Unidos.